Categorias
news

Petspot: a solução na palma da mão

A tecnologia tem se mostrado cada vez mais, uma aliada para a solução de problemas que envolvem a sociedade e o ambiente em que vivem. O abandono de animais nas ruas e sua procriação é uma dessas problemáticas que todo o Brasil enfrenta, muitas vezes sem recursos e apoio do governo. Infelizmente. Principalmente, porque trata-se de um assunto que é considerado saúde pública e afeta diretamente a qualidade de vida desses animais. Mas, felizmente, apesar desse quadro de descaso, surgem iniciativas inovadoras que podem sim, contribuir para uma mudança de cenário e cultura.

É exatamente o que propõe o Petspot, muito mais do que uma plataforma para pets, e sim, uma comunidade movida por amor e que tem como objetivo tornar a sociedade mais segura, confortável e acessível para todos os pets do mundo. Trata-se de um aplicativo lançado em abril deste ano e que já teve mais de 8.000 cadastros no App nas versões Android e iOS e em seu Website. Nele, é possível procurar ou divulgar cães e gatos desaparecidos nas ruas, cadastrar animaizinhos encontrados e até adotar ou colocar para adoção, caso necessário. O melhor de tudo é que os pets abandonados nas ruas podem ganhar um novo lar e família, graças à criação desse aplicativo.

O Petspot funciona em todo o país, mas os animaizinhos cadastrados se concentram na Grande São Paulo, região em que a divulgação de boca a boca teve mais força e, inacreditavelmente, 9 milhões de animais foram abandonados e 500 foram furtados ou roubados dos seus donos, segundo registros não oficiais (em 2018?). “O grande problema é que o país não dispõe de registros oficiais da quantidade de animais desaparecidos, isso acontece devido a pulverização dos dados e também pelo descaso das autoridades para com os animais”, explica Henrique Favery, sócio-diretor da Buu Digital e um dos criadores do aplicativo. A segunda e nova versão do Petspot trouxe novas funcionalidades para quem utiliza o app. Agora, não é mais necessário baixar o aplicativo para fazer uso da plataforma, basta acessar o site para localizar um animalzinho próximo ao CEP informado pelo usuário, que também pode cadastrar ou conferir os animais que estão à espera de um novo lar por meio das ONGs parceiras. Além disso, assim que um pet é cadastrado para adoção, todos os usuários e ONGs registradas na base de dados próximo à localização recebem a informação, tudo em um clique e em tempo real.

Mais que usuários, o Petspot busca acolher a todos em uma verdadeira comunidade: os Petspotters, assim são chamados os guardiões que estão nas ruas e colaboram nos registros dos pets perdidos e encontrados. Sua contribuição pode estar na palma da mão. Por isso, acesse: www.petspotapp.com